Pensamentos de autores portugueses - josvie

Ir para o conteúdo
Apenas uma gota neste mar de gente
Uma espécie de blogue
Por José Luís Vieira
Pensamentos de autores portugueses
Tem alguma citação que gostaría de colocar neste espaço?
Envie-me por mensagem eletrónica
Amam-se coisas e odeiam-se pessoas.
Que mundo estranho é este no qual vivo?...
Dora Ferreira
Se alguém tem algo a esconder no corpo, tem algo a esconder na mente.
Rui Fidalgo (adaptado a partir de outra mais complexa de Val)
É tão difícil explicar a uma pessoa que nunca se despiu em público o que é um naturista como explicar a um cego de nascença o que é o mundo.
Álvaro Campos
Pessoas falam, pessoas elogiam, criticam, veneram, apoiam, amam, odeiam, consomem, espezinham, influenciam, mas nunca arranjaram tempo para fazer tudo isso nelas próprias. Alguém me diz porque? Ser sábio não implica saber tudo.
Rodrigo Vieira
O prazo ideal para fazer uma coisa não é QUANDO é preciso, é ANTES de ser preciso!
Pedro Laranjeira
Os bons alunos dependem, antes de mais, de bons professores
Pedro Laranjeira
Se depois de eu morrer quiserem escrever a minha biografia, não há nada mais simples. Tem só duas datas: a da minha nascença e a da minha morte. Entre uma e outra todos os dias são meus.
Fernando Pessoa
"Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade santidade.
Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Escolho os meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta.
Não quero só o ombro ou o colo, quero também a sua maior alegria. Amigo que não ri connosco, não sabe sofrer connosco.
Meus amigos são todos assim: metade brincadeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade a sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, brincalhões e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril"
Fernando Pessoa
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim, nem que eu faça a falta que elas me fazem. O importante para mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível, e que esse momento será inesquecível.
Fernando Pessoa
Vai sempre ensinando a todos tudo quanto souberes, que é assim que a Humanidade há de progredir.
Adelaide Cabete

Se as pessoas parassem para pensar, entenderiam que só necessitam de pouco mais de dez músculos para sorrir. Será tão difícil sermos belos, uns para os outros?
Helder
Conheço Sacavém praticamente desde que larguei as fraldas. As minhas idas a esta vila tornaram-se frequentes de há 19 anos a esta parte, desde que conheci a minha futura mulher.
Infelizmente, para mim, perdeu muito do seu simbolismo: fez ontem, 25 de Abril de 2006, 9 meses que o meu sogro "continuou"...
Deixa saudade, deixa amor, deixa dois netos, deixa uma vontade de gritar INJUSTIÇA!!
Amava-o como a um Pai.
Irá estar sempre nos nossos corações. Sempre.
Bem hajas Zeca!!
Helder
email europass
Website de José Luís Vieira
Online desde 25 de março de 2006
Voltar para o conteúdo